Em cenário de acidente: o que fazer?
30/10/2004
Reportagens
 
ND

Em cenário de acidente: o que fazer?
   
   Já se viu envolvido num cenário de acidente? Já foi vítima ou já socorreu vítimas de acidentes? Certo é que eles acontecem sem pré-aviso. E quando nos vemos envolvidos, muitas vezes, não sabemos o que fazer. Já há alguns anos, houve uma Conferência sobre Segurança no Motociclismo nos Estados Unidos. Um instrutor, de nome Slider Gilmore, fez uma comunicação acerca das atitudes a tomar perante uma cena de acidente. De seguida, pode conhecer as medidas recomendadas por Slider Gilmore.
   
   "Golden Hour" - Nos E.U.A. é este o termo utilizado pelos técnicos de emergência para descrever a primeira hora após um acidente. Significa "Hora Dourada". Ou seja, uma vítima de acidente tem mais hipóteses de sobrevivência se estiverem na cirurgia no espaço de uma hora após ocorrer o acidente. Quem deve tratar de tudo são os técnicos de emergência médica, mas existem cuidados básicos que qualquer um pode ter até eles chegarem.
   
   1>>> Mantenha a calma... Pense!
   Em caso de acidente a adrenalina dispara. Mas o mais importante, aliás fundamental, é que alguém consiga manter a calma. Se vir um acidente, pare e respire fundo. vai ajudá-lo a manter a calma. A imagem de alguém demasiado nervoso ou histérico não ajuda ninguém.
   
   2>>> Estabeleça comunicação com a vítima e tente acalmá-la (se possível)
   Depois de sofrer um acidente, qualquer ser humano estará confuso e com medo. Provavelmente não se deram conta de como tudo aconteceu. Muitas vezes a única coisa em que pensam é no estado da moto. É importante reconfortar a vítima e tentar fazer com que não se mexa ou tente alcançar a moto. Diga algo do gênero: " Você teve um acidente de moto. É importante que não tente mexer-se. O meu nome é José (p.e.) e a ambulância está a caminho."
   Cuidado com o que diz perto da vítima, mesmo que esteja inconsciente. A audição funciona num estado de inconsciência e se algo de alarmante for dito, a vítima poderá registrar e só lhe fará mal. Tente transparecer calma para reduzir o pânico de todos os presentes.
   
   3>>> Fatores de segurança
   Em cenários de acidente muitas coisas podem acontecer ao mesmo tempo. Mantenha a segurança em mente.
   >>Trânsito - Se estiver alguém disponível peça a duas pessoas que se mantenham nas extremidades do local a indicar o caminho aos que passam. Especialmente se o acidente ocorrer perto de uma curva, pois os condutores de outros veículos podem não ter tempo de parar depois de ver os obstáculos.
   >>Materiais Perigosos ( óleos, combustíveis, etc.) - As pessoas e os veículos podem escorregar nestes materiais. Imagine-se se os técnicos escorregam enquanto transportam a vítima... só iria piorar a situação! Como será difícil limpar o local, convém assinalar onde está.
   >>Cabos de alta-tensão - Se os cabos estão à volta ou perto da vítima, a equipe de salvamento poderá não conseguir chegar à vítima até que sejam desativados. É importante contatar a empresa local, para que a mesma os desative. Se esse contato só for feito após a ambulância chegar, desperdiça-se tempo precioso da "Hora Dourada".
   >>Fogo- As pessoas tendem a fumar mais quando está sob stress. Peça às pessoas que não fumem ou que se afastem dos materiais inflamáveis e das motos.
   
   4>>> A pessoa com melhores conhecimentos de primeiros socorros deve atender a vítima
   Assumindo que a vítima está no chão, a pessoa deve sentar-se atrás da cabeça e estabilizá-la, de modo a evitar movimentos desnecessários (segurar a cabeça, p.e.). Assuma que a vítima poderá ter traumatismos a nível da cabeça ou da coluna vertebral e que qualquer movimento poderá causar a paralisia. Essa pessoa deve verificar constantemente o seguinte:
   >> Urgência - Tente verificar a gravidade dos ferimentos
   >>Vias Respiratórias - Tem gravilha no capacete ou algo na garganta a impedir a entrada do ar? Tente desbloquear imediatamente sem retirar o capacete.
   >>Respiração - A vítima respira? Determine pela audição, observe o peito, etc.
   >>Imobilização da Espinha Cervical - Segure a cabeça da vítima. Se a vítima estiver consciente peça que fale sem mexer a cabeça. Assuma sempre que pde haver uma lesão da cabeça ou da coluna cervical.
   
   5>>> As 3 perguntas
   Pergunte as seguintes questões à vítima e registre as respostas:
   >> Como se chama?
   >>Onde está?
   >>Em que dia da semana estamos?
   6>>> Se a respiração está normal NÃO TENTE RETIRAR O CAPACETE !!!
   
   7>>>Chame a ambulância
   Se não poder fazê-lo, peça a alguém que vá a uma casa ou café mais perto para chamar a ambulância...
   8>>>O que deverá dizer ao despachante do serviço de emergência:
   >>Houve um acidente de moto
   >>é necessária uma ambulância
   >>o número de feridos e a gravidade dos ferimentos. Podem ser necessárias mais ambulâncias conforme o número de feridos e a gravidade dos ferimentos
   >>a localização do acidente
   >> a pessoa que telefona deve ser a última a desligar. Poderá ter que dar mais algumas informações.
   
   9>>>registre informações pessoais da vítima (se estiver consciente, pois pode desmaiar)
   >>Nome completo
   >>Parente mais próximo ( e o contacto)
   >>Idade e data de nascimento
   >>Médico de família
   >>Alergias
   >>Se toma algum medicamento ou se é toxicodependente
   >>Última refeição e há quanto tempo a tomou
   >>Se se recorda como ocorreu o acidente
   10>>> Verifique o pulso a cada 5 minutos
   Além de verificar o pulso também deve verificar o ritmo da respiração: se é rápida, com dificuldade, um ruído. Pode ser útil aos paramédicos.
   
   11>>> Esteja atento aos sinais de choque
   Se verificar os seguintes sinais, a vítima pode estar a entrar em choque:
   >>Incapacidade de responder às 3 questões corretamente;
   >>Pele pálida e fria
   >>Se pressionar a pele com o polegar até ficar branca, ela deverá ficar novamente rosada após 2 segundos. Se levar mais tempo, não é bom sinal.
   >>Ao pressionar o pulso não sente as batidas do coração, mas ainda consegue senti-las no pescoço.
   Não há muito a fazer depois da vítima entrar em choque, mas ainda assim pode:
   >>Desapertar a roupa apertada
   >>Manter a vítima quente (mas não demasiado)
   >>Controlar as hemorragias (quando existirem)
   >>Imobilizar as fraturas - alivia a dor e diminui as hemorragias)
   12>>> A ambulância
   Quando chegarem os paramédicos informe as circunstâncias do acidente, todas as medidas que tomou e todas as informações que registrou. Não oculte nada. Os paramédicos não são agentes da lei e esconder qualquer informação (como consumo de droga ou álcool) só iria prejudicar a vítima.
   O site www.motoesporte.com.br dá muitas dicas para motociclistas !

 
Colaborador: Zulmar Mayeta
Fonte: www.motoesporte.com.br/dicas